All posts filed under: ver

Netflix Explicando: Dietas

Você ainda acredita em dietas? Esse vídeo pode abalar suas crenças

Estamos em 2018. Sabemos como trocar mensagens instantâneas com pessoas em qualquer parte do mundo, já temos um robozinho que é capaz de varrer a casa (quero!), e conseguimos até mesmo destravar o celular mostrando apenas a nossa linda carinha para a tela. Mas ainda não inventamos uma forma de emagrecer sem sofrimento. Ou melhor, isso até existe, e se chama mudança de comportamento. Mas a maioria das pessoas ainda prefere acreditar em promessas que tragam resultados rápidos, como dietas restritivas e os produtos milagrosos que são produzidos em larga escala pela indústria do fitness. Felizmente, a ciência da Nutrição vem avançando cada vez mais na direção oposta do que nos foi vendido por tantos anos. No lugar de contar calorias, entra o comer consciente, ou “Mindful Eating“. No lugar da privação, a moderação. Ao invés de se entupir de adoçante e de produtos “light” e “zero”, mais comida de verdade e, de preferência, caseira. Eu sigo essa linha e há muitos anos, não faço dietas e prefiro comer de tudo, com moderação. E hoje …

Mymadfatdiary Div

Dica incrível de série sobre autoaceitação: My Mad Fat Diary

Autoestima: tá aí uma palavra que visita o imaginário feminino desde que o mundo é mundo. Sim, falo aqui diretamente com as mulheres porque, historicamente, somos mais cobradas para sermos belas, magras (porém peitudas e bundudas), nos vestirmos de acordo com o que esperam da gente…enfim, para tentarmos nos encaixar. O tempo todo. Justamente por isso eu me apaixonei pela série que indico hoje, My Mad Fat Diary, uma produção britânica baseada no livro homônimo, escrito por Rae Earl. Porque ela questiona toda essa carga enorme de cobranças que vêm com o padrão de beleza imposto.  A série não é exatamente nova, mas só descobri recentemente. Não tem no Netflix, mas ó que boa notícia: as três temporadas completas estão disponíveis no Youtube (siiiim, são só três temporadas, snif, snif). O enredo é sobre uma garota de 16 anos que enfrenta todas as mazelas de uma adolescência gorda. A busca pela aceitação dos outros e dela própria, dietas malucas que acabam interferindo no seu estado emocional, compulsão alimentar, vida amorosa, vergonha do corpo e por aí …

repense o elogio

Repense o elogio: documentário traz reflexão sobre padrões de beleza

Olá, mulheres do meu Brasil. Uma pergunta: vocês já foram chamadas de “princesas” alguma vez na vida, especialmente na infância? Se sim, isso pode ter gerado um certo impacto em você. Se não, também. Essa é a ideia do documentário Repense o Elogio, dirigido por Estela Renner, que faz parte de uma campanha da marca Avon. Está disponível na íntegra no Youtube. A reflexão é justamente sobre a forma com que os elogios que fazemos às crianças as influenciam na vida adulta. Enquanto meninos geralmente recebem rótulos como “esperto”, “corajoso”, “inteligente” e “forte”, as meninas geralmente ficam com adjetivos como “linda”, “delicada”, “boazinha”, “quietinha”e…claro, “princesa”. “Ai, mas o mundo tá muito cheio de mimimi, agora não pode chamar de princesa mais?”. Pooooode, QUERIDX. Mas as meninas são muito mais do que princesas. Vamos entender por que (e prometo não me alongar no tema porque a ideia é que vocês assistam o documentário, rs). Quando uma menina é elogiada por suas características físicas, ela ganha um “peso” nas costas que é o de manter aquilo que …

Minimalism Documentário

Minimalismo: menos é mais! Hoje tem dica de documentário

O que a gente precisa pra viver? Fica difícil responder isso com tanto estímulo à nossa volta. É comercial de TV, outdoor, revistas com corpos e roupas do momento, lançamentos e mais lançamentos. “Minimalismo – Um documentário sobre as coisas importantes”, disponível no Netflix, joga uma luz justamente nessa questão. Li muitas críticas a respeito dele, muita gente que entende mais do movimento Minimalista reclamou da superficialidade com a qual o tema foi tratado. Mas eu acho que só o fato de levantar essa bola do excesso de consumo que estamos vivendo já tem seu valor. Muita gente busca preencher os vazios internos com compras, e acabam entrando em um ciclo perigoso: mais consumo, mais dívidas, mais lixo pro planeta, mais desperdício…e mais trabalho para ter que bancar todo este processo. O mesmo se aplica à comida, quando descontamos estresse, angústia, ansiedade e outros sentimentos comendo mais do que precisamos – quem nunca? Acabamos vendo os reflexos no corpo, ou, ainda, desperdiçando comida – o que eu simplesmente não admito na minha vida. Então é parar, …

Embracemybeautifulbrokenbraindiv

Que tal aceitar e amar seu corpo? Veja 2 dicas de documentários incríveis

“Quinze dias após dar a luz, fulana exibe barriga chapada”. Quantas vezes você já viu manchetes desse tipo? Geralmente acompanha a foto de uma famosa amamentado e exibindo o tanquinho ao mesmo tempo. Uma loucura. Eu de fato acredito que as mulheres que mantêm hábitos alimentares saudáveis e exercícios regulares são sim capazes de “recuperar” o corpo pouco depois de parir. Mas a forma como isso é jogado na nossa cara é muito agressivo. E ninguém é obrigada a nada, né, gente? Pensando nisso, a australiana Taryn Brumfitt resolveu fazer uma espécie de “protesto”. Ao invés de postar um “antes e depois” exibindo um corpo mais robusto por conta da gravidez, e sarado no pós-parto, ela resolveu mandar a real: Sou jornalista e já dei esse tipo de manchete. Não estou aqui para criticar a abordagem, porque sei como funciona o mercado de cliques. E não sou mãe, então, não posso dizer com propriedade o quão agressivo é ler esse tipo de coisa quando as questões com o corpo, no pós-parto, ainda não estão resolvidas. Mas posso imaginar …

Documentarios Innsaei Free The Mind

Cuide do cérebro e reconecte-se! Veja 2 documentários sobre o poder da mente

Quando a gente quer perder aqueles “maledetos” dois quilinhos pra entrar em um vestido, é normal pensar como primeira alternativa em dieta restritiva. E opção é o que não falta! Sempre vai ter uma fulana pra contar pra gente como ela consegue manter a barriga chapada comendo não sei quantos ovos por dia, fazendo um treino diferente que moldou as curvas da Jennifer Aniston, ou ainda por meio de algum alimento ou suplemento milagroso que ajuda a ~secar~. Mas de acordo com tudo o que tenho lido, ouvido e pesquisado sobre equilíbrio na alimentação, de nada adianta investir nos alimentos mais maravilhosos do mundo se você não mudar a sua relação com a comida. Não mudar o comportamento diante da mesa, das guloseimas, da relação de prazer e culpa ao comer. Ou seja: antes de se preocupar com o peso na balança, é bom começar a ouvir os sinais internos. Se reconectar. Tentar entender mais como seu corpo funciona e reavaliar hábitos. Por isso hoje eu separei dois documentários incríveis que assisti recentemente no Netflix. De …

Documentario Demain

Salvar o planeta ou começar pelo próprio bairro? Veja dica de documentário

Se você está aí rodando pelo Netflix e não sabe o que assistir no fim de semana (quem nunca?!?) vou deixar uma dica de documentário bem legal que vi recentemente, o francês Demain (Tomorrow, em inglês). Essa palavra significa “amanhã” e é justamente disso que se trata: de como as ações do ser humano estão causando impactos ecológicos e sociais que vão ficar aí para as próximas gerações. Mas ao contrário de um discurso alarmista, do tipo “o mundo vai acabar, vamos todos morrer mesmo“, o legal deste doc é que ele vai atrás de histórias bacanas ao redor do mundo de pessoas que justamente estão fazendo a diferença nesse cenário. Reforça a ideia de que cada um pode sim fazer sua parte e isso de alguma forma impacta o todo, mesmo que essa não seja a intenção inicial. E simplifica o conceito de sustentabilidade: são os pequenos atos que geram um mundo mais sustentável. Usar menos o carro, comer mais comida de verdade, prestar atenção no próprio lixo, ser menos consumista de um modo …

Documentário The Kids Menu

‘The Kids Menu’: uma boa relação com a comida começa na infância

Pensar em mudança de hábito dá uma preguiiiiça na gente, né? É super confortável fazer sempre tudo do jeitinho que a gente sempre faz, ainda mais quando o assunto é alimentação. O ideal seria então, desde cedo, praticarmos escolhas mais saudáveis à mesa. Infelizmente, isso não é uma realidade, diante da enorme crise de obesidade infantil que o mundo todo enfrenta. E é nas crianças que está a perspectiva de uma geração mais bem informada sobre alimentação. Eu não tenho filhos mas sempre estou interessada em saber mais sobre a relação dos pequenos com a comida, afinal, eles refletem muito dos adultos também. Aí você pensa: “ah, então eu não sou mais criança, sou uma causa perdida”. Não é não! Minha dica é justamente olhar para essa capacidade infantil em mudar hábitos e acolher o novo com tanta curiosidade para se inspirar e melhorar a relação com a comida. Por isso hoje indico o documentário The Kids Menu (nesse link você vê o trailer e também como alugar). O filme de Joe Cross – diretor de …